MENU

SINPRO-DF | Votar na Chapa 1 é fundamental para que a Educação seja prioridade

A educação pública valorizada é estratégica para que o DF – ou qualquer outro lugar – tenha a democracia como norte. O caminho para isso passa, necessariamente, por um Sinpro-DF forte, atuante e comprometido

Publicado: 25 Maio, 2022 - 09h51 | Última modificação: 25 Maio, 2022 - 10h02

Escrito por: CUT-DF

Sinpro-DF
notice

Nesta quarta e quinta-feira, dias 25 e 26, o Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF) realizará eleições para o triênio 2022-2025. Mais que um processo eleitoral, o momento é decisivo para que a Educação volte a ser prioridade no Distrito Federal.

Os últimos três anos marcaram a história do magistério público do DF. Sem a promoção de políticas públicas, professores e orientadores educacionais fizeram o impossível para que crianças e adolescentes não ficassem privados do direito à educação durante a pandemia da Covid-19. Para tornar as aulas remotas possíveis, a categoria chegou a tirar recursos do próprio bolso para comprar computador e custear internet.

Depois de dois anos com as escolas fechadas, a comunidade escolar se deparou com salas de aula superlotadas, ausência de monitores para acompanhar estudantes com deficiência e até falta de professores nas escolas públicas. O GDF não fez nenhum planejamento para que o déficit educacional imposto fosse ao menos mitigado. Se eximiu de seu papel de gestor e abandonou a Educação.

De forma intransigente, o governador Ibaneis Rocha – que quando candidato dizia querer “salário de juiz” para professores da rede pública – tenta normalizar um congelamento salarial de sete anos para o magistério público, e se recusa a avançar na recomposição salarial reivindicada pela categoria.

Mesmo diante de todas as dificuldades impostas por um governo antipovo, a atual gestão do Sinpro-DF garantiu avanços importantes, como a incorporação do auxílio saúde ao vencimento e o pagamento da última parcela do reajuste salarial conquistado em 2013, devida desde setembro de 2015.

Mas ainda há muito a avançar, e mudar este cenário não é uma tarefa fácil. Restabelecer a Educação como prioridade para o GDF depende de experiência, articulação, compromisso, disposição de luta e, sobretudo, responsabilidade com a categoria do magistério público. É por isso que a CUT-DF apoia a Chapa 1 – Com Você, Por Você para representar professores e orientadores educacionais no próximo triênio.

A educação pública valorizada é estratégica para que o DF – ou qualquer outro lugar – tenha a democracia como norte. O caminho para isso passa, necessariamente, por um Sinpro-DF forte, atuante e comprometido.